QUARTO PARA DORMIR E ESTUDAR

Projetos de arquitetura e design de interiores deixam os ambientes mais bonitos e funcionais, otimizando os espaços e proporcionando bem-estar. O mais interessante é que, embora poucos entendam isso, esses projetos podem – e devem -, ser aliados de pais e professores na educação de crianças e adolescentes. Um bom projeto evita dispersão, proporcionando otimização do tempo. Iluminação adequada protege, inclusive, de problemas de vista. A arquiteta Patricia Abreu é quem dá as dicas.

Como um projeto de um quarto pode se tornar um aliado para a educação?

Um ambiente deve ser bem planejado, com espaço para brinquedos e materiais escolares. Lugar apropriado para estudo, ergonomicamente correto e com boa iluminação e ventilação, com certeza favorece na criação do hábito de estudo, no senso de organização e, consequentemente, na assimilação dos conhecimentos.

Quais as soluções oferecidas pelo projeto de design que auxiliam a organização das crianças e adolescentes e estimulam o uso do espaço para estudo?

Mesas com espaço para todos os equipamentos, cadeiras com regulagem de altura (principalmente para os pequenos), cores claras, revestimentos laváveis que facilitem a limpeza.

Como e por que essas soluções funcionam?

Ambientes que permitem que as crianças encontrem com facilidade materiais que serão usados execução das tarefas diárias além de estimularem a criatividade, fazem com que o hábito de estudar seja mais interessante.

O que deve ser levado em consideração pelo profissional no momento da concepção do projeto, principalmente considerando a faixa etária do “dono” do espaço?

O ponto de partida deve ser o conhecimento dos hábitos da criança, suas preferências… pode parecer estranho, mas o envolvimento faz com que a criança ou adolescente tenha a sensação de propriedade daquele espaço, tonando mais natural seu uso. Cria o sentimento de pertencimento.

Uma boa setorização do espaço, faz com que as atividades não se misturem e favorece a concentração. Acredito que um bom projeto é aquele que pode ser usado em várias fases da vida da criança. Por isso a importância de mobiliário flexível, que acompanhe o crescimento da criança até a adolescência, que com o tempo possa receber novos equipamentos.

O que não deve ser usado neste tipo de projeto?

Cores muito fortes, excesso de informação, como desenhos ou papéis nas paredes muito carregados, móveis rígidos que não permitam regulagem.

Contar com a consultoria de um profissional é importante.

O arquiteto ou designer de interiores é o profissional indicado para a realização do projeto. O profissional tem todo o conhecimento necessário para executar o projeto nas medidas ergonomicamente corretas, escolher os materiais mais indicados, especificar o mobiliário e os equipamentos de iluminação corretos.

Contar com um profissional especializado que irá auxiliar desde a escolha dos materiais até as dimensões do mobiliário, é sempre a melhor opção.

Como fazer um projeto deste sem gastar muito?

Mais importante que fazer um projeto sem gastar muito é fazer um projeto que possa ser usado por um longo período. Sempre existem mais de uma opção de materiais para o mesmo resultado estético, e esta variação faz com que um projeto possa ser mais econômico que o outro, embora sem perder qualidade de uso do espaço.

E quanto custa tudo isso?

Embora importante, essa resposta não tem como ser dada de maneira clara.

Os custos dependem de inúmeros fatores como tamanho do espaço, tipo do detalhamento, materiais escolhidos, etc. Por isso a ajuda profissional é tão importante, após o primeiro contato com o cliente e de posse de suas necessidades ele poderá fazer a estimativa de custo de todo o projeto.

Para esse custo deverá ser considerado todos os itens, por exemplo:

  • Piso, deverá ser trocado ou será reaproveitado?
  • Paredes, necessitam repintura ou algum outro tipo de revestimento?
  • Teto, deverá ser rebaixado para melhor distribuição da iluminação ou já existem pontos suficientes?
  • Serão necessários novos pontos elétricos para equipamentos (computadores, rede, etc)?
  • A marcenaria fixa receberá projeto específico ou o mobiliário será comprado pronto em lojas especializadas?
  • A ventilação é adequada ou será necessário instalar ventilador ou ar condicionado?

Qual é a importância da iluminação em um projeto como este?

A iluminação natural e artificial é essencial para qualquer projeto. Nesse caso, baixa quantidade de luminosidade, além de prejudicar a saúde do usuário pode causar desânimo e sonolência.

Como esta iluminação deve ser pensada e quais tipos de lâmpadas são os mais adequados?

Como estamos falando de quarto com ambiente de estudo, devemos pensar em dois tipos de iluminação: uma mais direta na área de estudos, que pode ser com lâmpadas frias, e uma iluminação indireta que favoreça o relaxamento e o sono na hora do descanso.

GALERIA DO PROJETO

Rolar para cima