PARCERIAS & MERCADO

Escritórios mineiros de sucesso inauguram unidade em São Paulo

Gustavo Penna Arquiteto & Associados, Greco Design e Gema Arquitetura, parceiras de longa data em inúmeros projetos, investiram na criação de um escritório compartilhado em São Paulo

O endereço escolhido é o sétimo andar do icónico Edifício ABC, na rua Major Sertório, 92, na Vila Buarque, região central da capital paulista. O projeto da construção é de 1949, assinado por Oswaldo Arthur Bratke, em parceria com Oscar Americano e Guilherme Corazza e foi fortemente influenciado pelo modernismo. Por conta dessa influência, foi um dos primeiros prédios de São Paulo a usar fachada em vidro, destacando-se na época. Na região, ainda fica localizada a sede do Instituto dos Arquitetos do Brasil, além de ser considerado um reduto de vários outros escritórios do setor.

A decisão de Gustavo Penna, Gema Arquitetura e Greco Design de terem um escritório em São Paulo surgiu antes da pandemia, mas assim como vários outros projetos, precisou ser interrompido e só agora foi concretizado.

Divulgação

O espaço que abriga as três empresas é generoso, com amplos janelões que vão do chão ao teto, garantindo a presença da luz natural, além do verde, que em função da variedade de plantas traz um despojamento elegante de quem tem uma vista privilegiada. “Desde o início, queríamos um lugar com esse calor, esse astral que temos aqui. A portaria é simples, você não tem aquela frieza de lugares chiques, mas em compensação, está rodeado de história, da boa gastronomia e também de outros importantes escritórios de arquitetura”, comenta Nara Grossi, da Gema Arquitetura, a primeira a se instalar no novo espaço, pois está na capital paulista há 12 anos.

A afinidade já era perfeita com Gustavo Penna Arquiteto & Associados, uma vez que, em Belo Horizonte, a Gema já ocupava uma área da bela casa onde fica a sede do GPA&A, na avenida Álvares Cabral.

Divulgação

A conexão com Gustavo Greco também não é de hoje. “Acho que o Gustavo (Penna) foi o primeiro cliente da Greco e, desde então desenvolvemos uma sólida parceria de mais de duas décadas. Com essa oportunidade de dividir um espaço em São Paulo, isso possibilita também uma proximidade física. A ideia é que seja um espaço de convivência, de elaboração de boas ideias e, claro, da comunhão de princípios e valores que temos em comum em relação ao design e à arquitetura e isso é muito importante na relação do nosso entorno”, comenta Gustavo Greco.

Viver a cidade a partir de sua área central é uma necessidade da arquiteta Isabela Tolentino, responsável pela área comercial e administrativa do GPA&A.

Para Isabela, quando resolveram montar um escritório em São Paulo, a escolha de um prédio na área central foi a melhor decisão: “É muito bom viver a cidade a partir do centro, incluindo as delícias que temos muito próximas, com muita história e com a possibilidade de fazer vários percursos a pé. Saímos para almoçar, para fazer uma visita a um cliente, tudo é mais fácil a partir daqui, principalmente pela conexão com outras áreas da cidade”, finaliza.

Divulgação
Rolar para cima