Parque do Palácio será aberto aos visitantes da CasaCor Minas e público em geral

Lançamento da mostra foi feito nesta sexta (5) para a imprensa

Uma mostra surpreendente e inovadora. Assim os organizadores da CasaCor Minas 2022 prometem ser esta edição que, ao completar 27 anos, desde a inauguração, traz como tema “Infinito Particular”. Mesmo com os ambientes ainda sendo finalizados, a CasaCor Minas foi apresentada, na manhã desta sexta-feira (05.08), em primeira mão, aos jornalistas especializados, no Palácio das Mangabeiras. O time de profissionais da Revista Abreu esteve presente.

Os diretores da CasaCor Minas, Eduardo Faleiro e Juliana Grillo, receberam os jornalistas para um café da manhã, quando falaram sobre a importância e as novidades da mostra, que será aberta na próxima terça-feira (09.08), podendo ser visitada até 25 de setembro. “A CasaCor é um grande desafio, mas são de desafios que a mostra é feita; e são esses desafios que a tornam tão especial”, disse Juliana Grillo ao informar que, até domingo, todos os ambientes estarão totalmente prontos.

Paulo Campos

Brunch oferecidos aos profissionais de impressa no lançamento da mostra

Segundo ela, este ano, a mostra terá 51 ambientes e a participação de 70 profissionais, envolvendo mais de 1.000 pessoas no planejamento, execução e construção dos espaços. “Nossa expectativa é receber cerca de 70 mil visitantes, em todo o período da CasaCor, número que alcançamos em 2019, antes da pandemia”.


A diretora fez questão de elogiar a participação e o trabalho “excepcional” de grandes profissionais, e ressaltou a importâncias das mais de 200 empresas presentes, dando destaque para os patrocinadores, entre eles a Deca, patrocinadora Master, e a Coral, como Tinta Oficial. “É preciso enfatizar a importância da mostra no mercado, pois a CasaCor é palco do lançamento de tantos produtos, unidades construtivas, inovação, sustentabilidade, tecnologia e inovação”, disse Juliana Grillo.

Paulo Campos

Juliana Grillo, diretora executiva da CASACOR Minas

Abertura ao público

Já o diretor executivo da CasaCor Minas, Eduardo Faleiro, ressaltou uma das novidades da mostra este ano: o evento não ocupará todo o espaço do Palácio das Mangabeiras. Parte do Parque do Palácio estará aberta para visitação do público em geral, o que inclui o restaurante, o café da piscina, os jardins e o gramado.

“Estamos muito felizes com a qualidade dos projetos de arquitetura, interiores, paisagismo… Será um ano muito especial. Com o tema Infinito Particular, todos os profissionais tiveram muita inspiração e representaram isso nos ambientes, cada um, a sua maneira. São ambientes biográficos, inspiradores, que traduzem um pouco deste momento difícil que estamos passando com a pandemia. São espaços múltiplos, de pluralidade e diversidade”, disse Eduardo Faleiro.

Paulo Campos

Eduardo Faleiro, diretor executivo da CASACOR Minas

O designer Gustavo Grecco, que faz a curadoria da CasaCor Minas, falou hoje sobre a sua participação e algumas novidades deste ano, e ressaltou sua satisfação com a mostra: “Temos de entender a CasaCor como um lugar de oportunidades; perceber o que pode ser desenvolvido, ser explorado neste lugar, para fazer com que tudo isto seja ainda mais relevante e importante”.

Marcelo de Souza Silva, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), parceira da CasaCor e Parque do Palácio, contou aos jornalistas que a entidade sempre apoiou a mostra desde seu início. “É muito importante movimentar o parque e fazer a abertura dele para o público em geral. Acreditamos que o Parque do Palácio será o principal motivador para internacionalizar Belo Horizonte, cada vez mais”, afirmou.

Paulo Campos

Gustavo Grecco, designer e curador da mostra  e o Marcelo de Souza Silva, presidente da CDL-BH

O presidente da CDL-BH parabenizou a todos pela realização da mostra, que oferece “arquitetura, história, paisagismo, gastronomia, decoração e a natureza maravilhosa do Palácio das Mangabeiras”. Ele disse ter recebido, hoje, mensagem do secretário de Turismo e Cultura de Minas Gerais, Leônidas Oliveira, dizendo que o turismo cultural está fazendo com que a ocupação da hotelaria em Belo Horizonte e região aumente bastante, tendo como consequência grande movimentação no comércio e aumento da prestação de serviços na cidade. Além dos ambientes assinados pelos profissionais, a mostra receberá uma série de eventos, incluindo aulas-show de gastronomia, circuitos culturais, desfiles de moda, bate-papos, lançamentos, apresentações musicais, entre outros.

Abertura ao público

Para esta edição, dentro do tema “Infinito Particular”, os curadores da CasaCor Minas 2022 convidaram os arquitetos a projetar ambientes que priorizem o bem-estar físico, mental e espiritual, a harmonia, o equilíbrio e o conforto. E foi neste contexto que a arquiteta Patrícia Abreu mergulhou para criar o ‘Pátio do Palácio’, um ambiente representativo do universo particular do mineiro, com muito aconchego para receber visitas ou apenas se ter a tranquilidade para ler um livro. “É um ambiente que não contrasta com a natureza; ao contrário, se integra a ela com tons de verde e muita madeira natural. O visitante é convidado a participar do próprio ambiente”, explicou a arquiteta.

Rafael Abreu

A arquiteta Patricia Abreu arquiteta em seu ambiente intitulado ‘Pátio do Palácio’, um espaço pet friendly

De acordo com Patrícia Abreu, em sintonia com toda a mineiridade, os materiais utilizados no espaço trazem a referência da pedra-sabão, do chafariz, da cidade colonial. Já as luminárias lembram as bateias utilizadas nos garimpos de Minas Gerais; os móveis modernos, com corda verde e pés palito, lembram casa de vó; a espreguiçadeira usa o macramê, um artesanato bem da terra. E tem, ainda, um espaço Pet Friendly, onde os pets poderão descansar e se refrescar.

“O ambiente ressalta a importância da família, do receber os amigos, das memórias. Essa é a casa que está se reinventando, após o período de isolamento. A água presente tem um significado especial: ela corre, escorre limpa e renova. Um design bonito e harmonioso está presente em todo o espaço”, revelou Patrícia Abreu.

CASACOR Minas Gerais

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Terça a Sexta feira – Das 14h as 21h (visitação até as 22h)
Sábados – das 12h as 21h  (visitação até as 22h)
Domingo – das 12h as 19h  (visitação até as 20h)

VALORES DO INGRESSO

Terça a Sexta-feira
Inteira R$70,00 | Meia entrada R$35,00 mediante comprovação

Sábados, domingos e feriados
Inteira R$80,00 | Meia entrada R$40,00 Mediante a comprovação

Parque do Palácio

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Terça a Sexta feira – Das 14h as 21h (visitação até as 22h)
Sábados – das 12h as 21h  ( visitação até as 22h)
Domingo – das 12h as 19h  ( visitação até as 20h)

VALORES DO INGRESSO (não dá direito à visitação CASACOR)

Terça a Domingo
Inteira R$10,00 | Meia entrada –R$5,00 mediante comprovação

Sobre a CASACOR Minas

A CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas e reúne, anualmente, renomados profissionais. Em 2022 chega à sua 27a edição em Minas Gerais e com mais de 20 eventos nacionais (Alagoas, Bahia, Brasília, Campinas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Interior de SP, Litoral de SP, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina) e seis internacionais (Miami, Peru, Chile, Equador, Bolívia e Paraguai).

Rolar para cima