A arquitetura em 360 graus

Entusiastas da Arquitetura e Design por todo o mundo ganharam uma forma de apreciar a arte, seja ela projetos arquitetônicos expressivos e impactantes ou obras como pinturas, esculturas e instalações contemporâneas, ao longa do período de isolamento social. Diversos museus e instituições prestigiadas de todo o mundo estão oferecendo visitas virtuais gratuitas e de fácil acesso para quem deseja, mesmo que à distância, ressignificar sua relação com a arte nestes tempos tão duros.

A iniciativa é uma excelente oportunidade, também, para o público conhecer os projetos arquitetônicos, os interiores de prédios, detalhes de praças e elementos de construções impactantes e imponentes que se reafirmam como grandes projetos arquitetônicos.

Uma grande oportunidade é o tour virtual oferecido pelo Museu do Vaticano, em Roma, capital da Itália, que permite uma visita em 360 graus da Praça de São Pedro, Basílica de São Pedro, do Museu Chiaramanti, do Altar do Papado no interior da Basílica e, claro, da imponente da Capela Sistina. Outro importante espaço cultural europeu é o Rijksmuseum, maior museu da Holanda, que propõe uma caminhada histórica da Idade Média ao contemporâneo em suas peças expostas e, claro, na edificação. Localizado em Amsterdã, e projetado pelo arquiteto holandês Petrus J.H. Cuypers, o museu mescla elementos neogóticos históricos na forma e decoração com traços neorrenascentistas, a intervenções contemporâneas que vieram nos últimos anos.

Quem nunca teve a oportunidade de apreciar o projeto do MASP – Museu de Arte de São Paulo, o primeiro museu de arte moderna do Brasil, poderá fazer durante a quarentena. Para além do acervo importante para a história artística moderna brasileira, o projeto de Lina Bobardi tornou-se um clássico da arquitetura devido à sua simplicidade, sofisticação e minimalismo. Projetado como uma espécie de contêiner para a arte, o museu horizontal se destaca em meio aos  arranha-céus de concreto na principal avenida da maior cidade do Brasil.

OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS, EM TEMPOS DE ISOLAMENTO

Se a arquitetura e o urbanismo caminham juntos em um movimento de ocupação urbana consciente e efetiva para a sociedade, nada faz mais sentido do que a facilitação ao acesso de iniciativas como tais. O que muita gente não sabe é que inúmeros prédios, espaços culturais, edificações cultuadas e construções imponentes, podem ser visitadas de forma gratuita e no conforto de casa.

Por meio do “Street View” do Google Maps ou da nova funcionalidade Google Arts & Culture, qualquer um pode adentrar construções interessantíssimas de diversas cidades do mundo e projetos de variados estilos e movimentos arquitetônicos e de design. Desde a Casa Battló, projetada por Antoni Gaudí em 1906 em Barcelona, passando pela Casa de Canoas, no Rio de Janeiro, projetada por Oscar Niemeyer, ou o Museu Guggenheim de Nova York e seu interessante projeto circular.

Para utilizar a ferramenta, basta acessar a funcionalidade do Google Maps ou do Google Arts & Culture e optar pelo Museu, centro cultural, edificação e/ou espaço público que queria visitar virtualmente e aproveitar.

Rolar para cima