Mostra UNLTD pelo olhar de grandes nomes da arquitetura e design

Começou a exposição 100% digital de arquitetura que apresenta as possibilidades ilimitadas das Lastras Portobello pelo olhar de grandes referências da arquitetura e do design. E aqui você confere as principais imagens dos espaços inspiradores.

A Portobello convidou grandes profissionais da arquitetura e design para uma exposição inovadora: a Mostra UNLTD com as Lastras Portobello. Paulo Mendes da Rocha, Nadezhda Mendes da Rocha, Oskar Metsavaht, Marcelo Rosenbaum, Patricia Pomerantzeff, Paola Navone, Jayme Bernardo, Glei Tomazi e Coletivo Criativo Berlim interpretam as ilimitadas formas de revestir, mobiliar e decorar das lastras.

Milhares de pessoas prestigiaram a inauguração da Mostra realizada nesta última quarta-feira (14), que foi apresentada no formato 100% digital, pela editora do Archtrends Juliana Peixoto, direto da fábrica de lastras em Tijucas (SC), a única no Brasil capaz de produzir lastra no tamanho 1,80 x 3,60 m. Além da apresentação dos ambientes, o evento contou com a palestra internacional do arquiteto e designer Gaetano Pesce e, ainda, uma experiência culinária com o chef Claude Troisgros. Os colunistas do Archtrends, jornalistas Pedro Andrade e Taissa Buescu, também participaram do lançamento da Mostra.

A seguir, descubra o perfil de cada profissional, o conceito dos seus ambientes idealizados com Lastras e as imagens da exposição.

Oskar Metsavaht – Espelho d’água

Oskar Metsavaht é artista baseado no Rio de Janeiro. É fundador e diretor de criação e estilo da Osklen. Ativista ambiental, é fundador e presidente do Instituto-e, organização não governamental de desenvolvimento sustentável. É membro do conselho do Instituto Inhotim, membro do conselho consultivo do MAM – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e Embaixador da Boa Vontade da Unesco para Cultura de Paz e Sustentabilidade. Para a Portobello, assina a linha Ipanema, lançamento de 2020.

A coleção Ipanema foi inspirada no bairro homônimo no Rio de Janeiro. Metsavaht mostra suas criações na área externa da Mostra UNLTD, sempre buscando manter a sensação de amplitude e minimalismo de Ipanema. O espaço foi desenhado para ter muita área de circulação, apresentando as diversas aplicações dos revestimentos. O painel Neotropical faz referência aos icônicos artistas modernistas brasileiros. Já os grandes formatos Ipanema trazem textura e aspectos das tradicionais pedras portuguesas do calçadão da orla.

Fotos: Portobello S.A.

Criação de Oskar Metsavaht na área externa da Mostra UNLTD

Paola Navone – Cozinha 

Paola Navone é designer italiana baseada em Milão. Uma das poucas representantes femininas entre as estrelas do design internacional, tem atuação prolífica, com trabalhos em várias áreas criativas, como arquitetura, design de produto e design de interiores e cenografia. Se inspira no artesanato tradicional, dando a ele formas contemporâneas. Já criou para grandes marcas internacionais, como Swarovski, Alessi, Knoll, Capellini, Aramani Casa e, em 2020, Portobello, com as pastilhas irregulares Bonbon.

A cozinha imaginada por Paola Navone instiga a criatividade – e o paladar! A designer apostou no conceito de uma cozinha aberta, sem armários, com tudo à mostra. Os cestos de feira revelam os alimentos. A bancada e a ampla mesa linear trazem Lastras apoiadas sobre cavaletes, Rivoli e Calacatta Blanc, respectivamente. O piso e a parede são revestidos pelos produtos que a designer assina para a Portobello, o azulejo Vedononvedo e a pastilha Bonbon.

Fotos: Portobello S.A.

Paola Navone assina a cozinha da Mostra Unlimited Portobello

Produtos:

Vedononvedo

Bonbon White

Rivoli

Calacatta Blanc

Marcelo Rosenbaum – Quarto 

Marcelo Rosenbaum é designer paulista, à frente do escritório Rosenbaum Arquitetura e Design há mais de 20 anos. É professor Honoris Causa de Arquitetura pelo Centro Universitário Belas Artes. Fundou o Instituto A Gente Transforma, em que aplica seu método de Design Essencial para a transformação social. Sempre trabalhando pela democratização do design, foi apresentador do quadro Lar Doce Lar na Rede Globo de 2008 a 2012 e do programa Decora no GNT de 2014 a 2016.

Texturas e rede embalam o quarto natural assinado por Rosenbaum. A ideia foi criar um ambiente calmo, para o relaxamento e restauro das energias, utilizando um único material nas superfícies: Concrete Mud. Assim, Rosenbaum criou uma atmosfera de quase caverna, que praticamente dispensa mobiliário. As únicas peças soltas privilegiam materiais naturais e trabalho manual, como a roupa de cama em linho e a Rede Cabeluda de palha de carnaúba, da Trançados da Ilho, associação de artesãos de Ilha Grande.

Fotos: Portobello S.A.

Texturas e rede embalam o quarto natural assinado por Rosenbaum

Produto:

Concrete Mud

Coletivo Criativo Berlim – Living 

Parte do ciclo de inovação Portobello, o Coletivo Criativo, viagem anual de pesquisa e cocriação, reúne as impressões e percepções sobre o local visitado. Em 2019, o destino da terceira edição do Coletivo Criativo foi Berlim. A iniciativa reuniu 22 profissionais renomados de arquitetura e design para uma viagem de imersão, com objetivo de desenvolver uma nova linha de produtos, Berliner. O Coletivo ainda se envolve em outros projetos criativos da Portobello, como a Mostra UNLTD.

O living assinado pelo Coletivo Criativo apresenta o Siena Chianti como protagonista. Em primeiro plano, duas grandes peças deste quartzito elevam-se como destaque. Uma maxi obra de arte contemporânea!

A parede de fundo é revestida por espelhos, o que traz leveza ao grande volume das Lastras. No piso, é usada a mesma superfície, mas, aproveitando sua linearidade, as Lastras são dispostas transversalmente, trazendo profundidade ao espaço. A parede lateral traz um painel ripado.

Fotos: Portobello S.A.

Coletivo Coletivo Berlim assina Living, com Siena_chianti, Ripa Mood, Mos Ripa Dansk Cement Mud

Jayme Bernardo – Sala de banho 

Jayme Bernardo é arquiteto paranaense, à frente de projetos de arquitetura, interiores e design de mobiliário. Atua entre Curitiba e São Paulo há 38 anos. Já participou de 10 edições da Casa Cor Paraná e de três da Casa Cor São Paulo, entre outras mostras.

Seus banheiros sempre se destacam, com prêmios nos concursos Deca, em 2006, 2010 e 2013, e Docol, em 2002 e 2003. Ainda, desenvolve mobiliário autoral, já tendo realizado exposição de design no Museu Oscar Nemeyer.

O ambiente foi dividido em dois setores distintos. O ingresso se dá por uma área ampla, um espaço aberto, convidativo e iluminado, com a Lastra Calacatta Puro. Em contraposição, um segundo estágio, mais íntimo e introspectivo, corresponde à área úmida da sala de banho, com Black Eclipse.

Essa dualidade fica explícita nas cores e na diferença de alturas, pois na parte escura temos um pé-direito propositalmente mais baixo. O ambiente foi criado em colaboração com o arquiteto Glei Tomazi.

Fotos: Portobello S.A.

Coletivo Coletivo Berlim assina Living, com Siena_chianti, Ripa Mood, Mos Ripa Dansk Cement Mud

Officina Portobello:

Blocco Continuo

Nicho Nest

Complementos:

Metais Docol

Louças Laufen

Patricia Pomerantzeff – Lavabo 

Patricia Pomerantzeff é artista plástica e arquiteta paulista, à frente do escritório Doma Arquitetura, fundado em 2007. Desde 2017, comanda o canal no YouTube de mesmo nome, em que compartilha sua experiência com projetos e obras. Ao divulgar seu conhecimento, Patricia acabou fazendo do Doma o maior canal de arquitetura do Brasil, com 898 mil inscritos no YouTube e 602 mil seguidores no Instagram. O Doma, representado pela figura de Patricia, é parceiro da Portobello desde 2019.

Jogar com as escalas das grandes Lastras e do pequeno lavabo foi o ponto de partida do projeto. Usar peças enormes de revestimento em um ambiente de dimensões reduzidas comprovou o efeito de amplitude causado pelas Lastras, sem emendas na altura. Para controlar a entrada de luz e garantir a privacidade do lavabo, Doma criou um brise com a linha Biscuit. A cortina de pequenos formatos gera contraste, valorizando ainda mais as Lastras.

Fotos: Portobello S.A.

Patricia Pomerantzeff mostra as possibilidades ilimitadas com Lastras Portobello

Complementos:

Metais Docol

Louças Laufen

Nadezhda & Paulo Mendes da Rocha – Monumento Lastras

Paulo Mendes da Rocha é arquiteto capixaba. Aos 92 anos, é o único Prizker brasileiro vivo. Se formou em Arquitetura em 1954 pela FAU-Mackenzie, foi diretor da Poli-USP entre 1943 e 1947 e professor da FAU-UPS entre 1960 e 1998. Se tornou representante da Escola Paulista de arquitetura, com projetos como o Mube e o plano de reforma da Pinacoteca. Lúcido, segue criando em parcerias com profissionais mais jovens, entre eles sua filha Nadezhda.

Nadezhda Mendes da Rocha é designer e arquiteta paulista. Se formou em Design na Faap, em 2002, e em Arquitetura e Urbanismo na Escola da Cidade, em 2010. Coordena o Platô Studio, plataforma de cursos, exposições e discussões sobre design. Em 2016 iniciou seu próprio estúdio, o Satélite, no qual desenvolve projetos em diferentes escalas de desenho. Trabalha de maneira autoral, transitando entre design gráfico, design de mobiliário e arquitetura. Assina também o Conceito da Identidade Visual, junto com Julia Masagão do Alles Blau.

A ideia fundamental do projeto é exibir as Lastras Portobello como uma fantasia em relação a como de fato elas vão aparecer na cidade, ou seja, principalmente para a grande visibilidade dos planos verticais das fachadas dos edifícios em várias disposições imprevisíveis em relação à luz do sol em diferentes horários do dia. O conjunto tem uma visão teatral e dinâmica. As Lastras de 120×260 são colocadas ora na vertical, ora na horizontal, sempre de modo ortogonal ao piso. Portobello como uma fantasia em relação a como principalmente para a grande visibilidade dos planos verticais das fachadas dos edifícios em várias disposições imprevisíveis em relação à luz do sol em diferentes horários do dia. O conjunto tem uma visão teatral e dinâmica. As Lastras de 120×260 são colocadas ora na vertical, ora na horizontal, sempre de modo ortogonal ao piso.

Foto: Portobello S.A.
Rolar para cima